Frutose, a nova vilã?

Home / Alimentos da moda / Frutose, a nova vilã?

Tenho escutado muitos pacientes dizendo que estão deixando de comer frutas, pela quantidade de frutose que elas têm.

Então resolvi responder algumas perguntinhas para esclarecer que comer fruta não é ruim não!!!

1- O que é frutose? Alguns alimentos com alto teor de frutose:

A frutose é monossacarídeo, um carboidrato simples. Suas principais fontes em alimentos in natura são as frutas e o mel, e em alimentos processados no xarope de milho, sucos concentrados e refrigerantes.

2- Quais os riscos à saúde?

Diversos estudos avaliaram o efeito do consumo de frutose no controle glicêmico, resistência à insulina e aumento do risco de desenvolvimento de diabetes, aumento de colesterol e triglicerídeos, porém os resultados são pouco consistentes.

Os açúcares presentes nas frutas in natura são considerados benéficos e são amplamente recomendados como parte de uma alimentação saudável. Seu consumo é sugerido como medida de prevenção do desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis. Porém, o consumo de sucos de fruta e frutose adicionada nos alimentos a partir de xarope de milho parece ser elemento de risco para o desenvolvimento de doenças.

3 – O que fazer?

Como profissional utilizo as frutas na alimentação dos pacientes como uma peça chave para diminuição do consumo de glicose, pois sua estrutura química é semelhante à da glicose, mas não necessitar da insulina para o seu metabolismo.

Além disso, grande parte das frutas possui baixo e médio índice glicêmico, e para aquelas que possuem alto índice glicêmico é possível combinar com uma fonte de fibras (aveia) e proteínas (iogurte desnatado) para diminuir a velocidade de sua absorção.

Oriento evitar o consumo de sucos in natura, pelo excesso de frutas que contém, a falta de fibras, e as evidências. Sugiro substituir sempre pela fruta in natura.

4- E para perda de peso, há necessidade de controlar o consumo de frutas?

Assim como qualquer outro alimento, a simples adição de frutas na alimentação habitual, irá somar calorias. Por isso, deve-se equilibrar as frutas dentro da recomendação calórica e de carboidratos do indivíduo, e sempre lembrar-se que as frutas também são riquíssimas em vitaminas e minerais, diferentemente de outros carboidratos bastante presentes na alimentação habitual (pães, biscoitos).


* Toda orientação alimentar deve ser realizada por Nutricionista. Consulte sua Nutricionista e/ou Médico para orientações quanto à suplementação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *