Kefir: o leite fermentado que ajuda no controle glicêmico

Home / Diabetes / Kefir: o leite fermentado que ajuda no controle glicêmico

Já sabemos que diabetes é um problema de saúde global, mas com consequências muito maiores: a hipoglicemia crônica em pessoas com diabetes pode causar, a longo prazo, a disfunção e a falha de diferentes órgãos, especialmente olhos, rins, nervos, coração e vasos sanguíneos.

 

Além do tratamento medicamentoso para diabetes, nos últimos anos, muitos estudos mostram o efeito de medicamentos tradicionais para auxiliar no tratamento de diabetes.

 

falamos aqui no blog sobre o uso de probióticos para auxiliar na prevenção e tratamento da doença. O consumo de probióticos pode diminuir o nível sérico de glicose e tolerância à glicose em pacientes com diabetes.

 

Hoje, vamos focar um pouco mais no kefir, que é um leite fermentado probiótico.

 

Um estudo feito em 2015, no Irã, mostrou que o kefir contendo L. acidophilus e Bifidobacterium auxilia no controle de perfil de glicose e lipídios em pacientes com diabetes mellitus tipo 2, concluindo que o leite fermentado probiótico pode ser útil como terapia complementar no tratamento de diabetes.

Probióticos e diabetes

 

Os probióticos podem melhorar a resistência à insulina através da redução da resposta inflamatória em diabetes. Nos últimos anos, os probióticos foram utilizados como suplementos alternativos, graças aos benefícios para a saúde, incluindo diminuição do colesterol total / plasma, colesterol LDL e triglicerídeos e aumento do colesterol HDL.

 

Quer saber mais sobre os probióticos? Clique AQUI

O que é Kefir?

 

É uma bebida fermentada por dezenas de tipos diferentes de micro-organismos em sua colônia, como bactérias e leveduras, o que garante um alimento rico em probióticos. O sabor e o aroma do kefir variam de acordo com a ação metabólica das bactérias e leveduras presentes nos grãos de kefir, que podem ser cultivados de várias formas, as mais comuns são leite e água, sendo sobre o kefir de leite que vamos focar.

 

Visualmente, os grãos de kefir têm uma textura muito parecida com o queijo cottage. Eles se alimentam do açúcar do leite, o que faz com que a cultura se multiplique.

 

No processo de fermentação do kefir, cria-se um produto à base de leite gasoso, ácido, com consistência de iogurte bebível, o qual está repleto de bactérias probióticas e leveduras. O consumo de kefir é também uma boa fonte de cálcio, magnésio e vitamina B12, por exemplo. Além disso, as bactérias pré-digerem a lactose, o que pode tornar o kefir uma boa alternativa para pessoas com intolerância.

 

É importante lembrar que a temperatura da sua casa e o tempo que você deixar a cultura de kefir acontecendo vão influenciar na textura e no gosto da bebida final. O kefir fermenta mais lentamente em temperaturas mais baixas e quanto mais tempo durar a fermentação, mais espessa será a textura final.

 

No processo de fermentação do kefir, cria-se um produto à base de leite gasoso, ácido, com consistência de iogurte bebível, o qual está repleto de bactérias probióticas, leveduras, vitaminas e minerais que são facilmente digeridos.

Como fazer kefir de leite em casa

 

Ingredientes
Grãos de Kefir
Leite
Frasco de vidro
Material respirável para cobrir, como papel-toalha ou pano de prato
Elástico

 

Como fazer
1) Coloque os grãos de kefir num frasco de vidro
2) Derrame o leite sobre os grãos
Dica: para cada colher de sopa de kefir, use um copo de leite
3) Cubra com o papel-toalha ou pano de prato e prenda com o elástico
4) Coloque o frasco num local fresco e escuro, como um armário, e deixe fermentar por 24 a 48 horas.
5) Dica: para saber quando o kefir está pronto, incline o frasco e veja a consistência. A bebida estará pronta quando a textura estiver mais grossa e “gelatinosa”, em vez de leite aquoso
6) Coe o kefir com um coador de plástico
Dica: nunca use coador ou colheres de metal. O líquido kefir em si pode tocar em metal, mas os grãos não podem, pois isso pode “matá-los”
7) Adicione os grãos de kefir à uma nova porção de leite com uma pequena quantidade do líquido de kefir original

 

Fonte: Ostadrahimi, A., Taghizadeh, A., Mobasseri, M., Farrin, N., Payahoo, L., Gheshlaghi, Z. B., & Vahedjabbari, M. (2015). Effect of probiotic fermented milk (kefir) on glycemic control and lipid profile in type 2 diabetic patients: a randomized double-blind placebo-controlled clinical trial. Iranian journal of public health, 44(2), 228-237.

 


* Toda orientação alimentar deve ser realizada por Nutricionista. Consulte sua Nutricionista e/ou Médico para orientações quanto à suplementação.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *