Qual é o melhor pão?

Home / Diabetes / Qual é o melhor pão?

Alguma vez você já se perguntou se o pão que você come é a melhor opção?

Muitos dos meus pacientes pedem dicas para escolher o melhor pão no mercado. Então, seguem algumas sugestões:

 

1 – Atenção para a lista de ingredientes do seu pão

A lista de ingredientes de um produto sempre está em ordem decrescente, logo, se a farinha integral é o ingrediente que mais tem no pão, ela deve ser o primeiro ingrediente da lista. Se a farinha branca vier em primeiro lugar significa que o pão não é tão integral assim.

E cuidado! Muitas vezes o pão se diz integral e não tem nenhuma farinha integral na lista de ingredientes. Aí está a importância de ler todos os ingredientes.

Basicamente um pão deve ter farinha, sal, açúcar, alguma gordura e fermento. Todos os demais ingredientes são adicionados para aumentar a maciez, melhorar a cor, e dar mais durabilidade (na maioria das vezes esses são os ingredientes que a gente lê e nem faz ideia do que são).

 

2 – Busque opções mais artesanais ou faça em casa

Os pães artesanais e feitos em casa não contam com a adição desses compostos químicos. Logo, são muito mais saudáveis.

Além disso, fazendo o pão em casa conseguimos adicionar diferentes tipos de farinhas e controlar as quantidades de sal e açúcar.

Já dizia Michael Pollman “nunca consuma um alimento com mais de 10 ingredientes na sua lista de composição”. A maioria dos pães industrializados tem muito mais em sua lista.

 

3 – Evite pães com farinhas de alto índice glicêmico, prefira pães com baixo índice glicêmico

Trocar o pão branco pelo integral é uma opção interessante uma vez que o pão integral tem um índice glicêmico inferior ao pão branco, logo seu consumo fará com que nossos níveis de glicose pós não sejam tão altos. Não. O pão integral não tem menos calorias que o branco, ele só é infinitamente mais saudável.

Farinhas sem glúten (arroz e tapioca) tem seu índice glicêmico semelhante ao da farinha de trigo branca, logo, evite optar por elas.

Farinhas de centeio, integral e ricas em fibras (como de amêndoas e coco) tem índice glicêmico menor, logo, são melhores opções.

 

4 – E se eu quiser comer pão branco ?

O consumo esporádico, desde que moderado, não fará mal. Minha sugestão é adicionar outros alimentos que poderão auxiliar na diminuição do índice glicêmico desse produto, como uma fonte de proteína (ovos mexidos), uma fonte boa de gorduras (azeite de oliva ou pasta de amendoim), uma fonte de fibras (consumir com outros grãos, como linhaça e gergelim).


* Toda orientação alimentar deve ser realizada por Nutricionista. Consulte um(a) Nutricionista e/ou Médica(o) para orientações sobre suplementação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *